Páginas

sábado, 6 de fevereiro de 2010

Teste de Bipolaridade

Lembre-se, este é apenas um teste. É claro que o resultado pode te dar algum direcionamento, porém o diagnóstico só quem pode dar é o seu Psiquiatra.

Responda SIM ou NãO a cada pergunta e anote. Ao final confira o resultado.

1. Você é uma pessoa com altos e baixos de humor?
2. Tem temperamento forte?
3. É uma pessoa de extremos, do tipo tudo ou nada, sem meio-termo?
4. Precisa sempre estar fazendo alguma coisa ou buscando coisas novas?
5. Em alguns momentos pensa muito rápido ou não consegue desligar o pensamento?
6. Dirige rápido, de modo agressivo, buzina muito ou queima o sinal?
7. Tem dons artísticos, espirituosidade ou criatividade?
8. Já teve fases em que bastavam 6 horas de sono por dia?
9. Já teve momentos de apatia ou tristeza sem motivo aparente?
10. Tem mais sono do que o habitual quando fica com humor deprimido?
11. Já ficou muito alegre e radiante ou irritável sem motivos aparentes?
12. Já teve fases com muitos planos, falando mais rápido, alto e bastante?
13. Em alguns momentos arriscou demais?
14. Em comparação com outras pessoas, você se veste ou se comporta de modo mais chamativo?
15. Gasta mais dinheiro com prazeres, futilidades ou aparência?
16. Tem mais dificuldade em manter as coisas em ordem ou tende à dispersão?
17. Já teve impulsos exagerados em relação a comida, drogas, sexo ou compras?
18. Já teve momentos de maior confiança, em que se sentiu especial?
19. Muda de planos e objetivos com mais facilidade?
20. Tem mais instabilidade em atividades profissionais ou relacionamentos afetivos?
21. Se magoa ou se irrita com facilidade quando alguém lhe critica ou desagrada?

Resultado:

* Se você respondeu sim a até cinco perguntas: é pouco provável que você tenha bipolaridade.
* Se você respondeu sim a seis ou mais perguntas: se acha que algumas dessas características geram um grau no mínimo razoável de prejuízos ou problemas (mal estar, impulsos, gastos, arrependimentos, conflitos pessoais…), é provável que tenha bipolaridade. Para confirmar, é necessária uma avaliação psiquiátrica por profissional qualificado na área. Se você toma remédios antidepressivos, pode ser indicado substituir por um tratamento estabilizador de humor.


Teste elaborado pelo Dr. Diogo Lara

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe.Deixe sua mensagem.Faça perguntas.