Páginas

terça-feira, 6 de outubro de 2009

SESAB-Ba não tem respostas e nem sabe quem responde.

Impressionante o descaso dos funcionários públicos. Uma pergunta idiota:"Quem responde?". Enquanto isto milhares de pessoas estão sofrendo.
Afinal, quem responde? ou farão concurso público para isto?
Grata,
Vera Mattos


Jornalista Vera Mattos
Presidente da Fundação Maria Lúcia Jaqueira de Mattos
Dirigente da Seção Bahia - do Capítulo Brasil
do Fórum de Mulheres do Mercosul
Dirigente da Rede Risco Mulher Brasil

Visitem:
http://jornalistaveramattos.blogspot.com
http://www.fundadacaojaqueira.org.br
http://www.veramattos.com.br


--- Em qui, 30/7/09, Dasf Cimbahia escreveu:


De: Dasf Cimbahia
Assunto: Re: Enc: Medicamentos não liberados
Para: "Vera Mattos"
Cc: izamara.catanheide@saude.ba.gov.br, lindemberg.rn@gmail.com, giovanna.queiroz@saude.ba.gov.br
Data: Quinta-feira, 30 de Julho de 2009, 14:56


Quem responde?

Em 30/07/2009 às 12:10 horas, "Vera Mattos" escreveu:



Jornalista Vera Mattos
Presidente da Fundação Maria Lúcia Jaqueira de Mattos
Dirigente da Seção Bahia - do Capítulo Brasil
do Fórum de Mulheres do Mercosul
Dirigente da Rede Risco Mulher Brasil

Visitem:
http://jornalistaveramattos.blogspot.com http://www.fundadacaojaqueira.org.br
http://www.veramattos.com.br

--- Em qua, 29/7/09, Territorio Mulher escreveu:


De: Territorio Mulher
Assunto: Medicamentos não liberados
Para: dasf.cimbahia@saude.ba.gov.br
Cc: izamara.catanheide@saude.ba.gov.br, lindemberg.rn@gmail.com, giovanna.queiroz@saude.ba.gov.br, joseraimundo.jesus@saude.ba.gov.br, bernadete.farias@saude.ba.gov.br
Data: Quarta-feira, 29 de Julho de 2009, 23:57


A
Secretaria da Saúde do Governo do Estado da Bahia.

Lendo as palavras da Jornalista Vera Mattos em relação a dificuldade de obter certos medicamentos, venho solicitar aos responsáveis que averiguem o que está ocorrendo e liberem imediatamente os remédios conforme as receitas médicas apresentadas.

Do Blog da Vera Mattos.
Desta forma, acredito que alguém está praticando grave omissão perante pacientes de alto risco, de baixissima condição financeira. E mesmo sendo colocada a situação emergencial desses medicamentos, a frieza e a estupidez de funcionários da Sesab/Ba que se encontram neste momento controlando medicamentos como Abilif, Zyprexa é inconstitucional e retira dos pacientes a condição de igualdade de tratamento. http://jornalistaveramattos.blogspot.com/ - veramattos@ymail.com

Alguns links sobre decisões judiciais em relação a medicamentos.

http://www.conjur.com.br/2007-fev-01/df_entregar_remedio_paciente_esquizofrenia
http://www.conjur.com.br/2005-dez-06/juiz_manda_df_pagar_remedio_paciente_psiquiatrico
No aguardo de uma solução o mais breve possível a solicitação de Vera mattos, que certamente fala por muitos, com o objetivo de aliviar sofrimentos desnecessários.

Atenciosamente

Ana Maria C. Bruni
tel: 73-32512596 73-32512596

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe.Deixe sua mensagem.Faça perguntas.